18 abril 2013

Terras de Oureana - Fátima

Cytinus hypocistis ssp. ou Cytinus ruber 
É uma planta rara em Portugal e que deixou de produzir clorofila, sendo por isso uma parazita, comum dos cistus.
USOS: As plantas jovens de C. hypocistis são cozinhadas como substituto de espargos (Asparagus officinalis), e um seu extracto tem uso como tratamento de disenteria, tumores da garganta e como adstringente. C. ruber é também comestível, e era usada na medicina popular como um emenagogo. O famoso farmacólogo, químico e humanista botánico, Pio Font Quer, recomendava a utilização do seu sumo como refresco.
Nomes comuns: Maias, Pútegas, Coalhadas. In: Flora e Fauna

Cistus

Lavandula stoechas - Rosmaninho

Sedum album L. - Arrozinho

Sedum album L. - Arrozinho

Cistus

Lonicera periclymenum - Madressilva

Orchis italica - orquídeas selvagens

Orchis italica - orquídeas selvagens

Iris subbiflora - Lírios

Cistus

Ophrys picta - orquídea selvagem "abelhinhas"

Paeonia broteroi - Rosa Albardeira


É muito raro expressar-me por palavras neste blogue. Porém hoje foi um dia muito especial!
Pela primeira vez senti o significado verdadeiro  da expressão "terra sagrada".
A freguesia de Fátima, tal como as outras freguesias do concelho de Ourém, é representada neste blogue pelas suas relíquias naturais. Hoje, por mero acaso, deparei-me com todas estas espécies que, apesar de saber que existiam, pensei serem oriundas de fábulas ou que poucos tinham a sorte de as encontrar. Não foi preciso pastorar muito na serra para pisar ou cruzar-me com meia dúzia de relíquias que existem de forma natural e selvagem ao lado de uma estrada de alcatrão e de umas quantas casas.

Sinto cada vez mais orgulho na minha terra e espero que haja mais gente por aí a trabalhar neste sentido: preservação da nossa identidade e promoção do que ainda não conseguimos estragar/destruir.